Visualizações de página do mês passado

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Só Amado


Tristeza sempre ela
Deixando minha vida menos bela
Muita gente ao meu lado
Sozinho tenho estado

Sem vontade de nada
Nem tão pouco dar risada
Isolo-me e meus olhos lacrimejam
Não deixo que outros me vejam

Peço o conforto de Seu Abraço
Oro é só o que faço
Tenho tudo ao meu redor
Pessoas e coisas do melhor

Mas me sinto só
E na garganta sentindo nó
No peito outra sensação
Uma que lida com emoção

Aquela de quem vive sozinho
Pedindo a Deus Seu carinho
Daí logo vem a calmaria
Mas nada ainda da alegria

Que virá num tal momento
Acabará com meu tormento
Ao dormir peço Seu colo
Só assim eu me consolo

Peço-Te, por favor
Mais um pouco de Seu Amor
Transporte-me a Seu lado
Eu O Amo ó Ser Amado


Walter Derani
1/11/15

2 comentários:

  1. Obg, Seu Walter.
    Sempre muito inspiradores os seus poemas.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Barbaro
    Um grande abraço
    F....

    ResponderExcluir